Mensagem ao evento Internacional pela Paz no Irã

Prof.Lejeune Mirhan - 13-08-2021 85 Visualizações

Queridos amigos e companheiros: aqui quem vos fala é o Professor Lejeune Mirhan. Sou sociólogo, escritor e analista internacional, bem como professor universitário aposentado.

Venho perante todos vocês saudar a importante realização desta Conferência Internacional pela Paz que ocorre neste mês de setembro na República Islâmica do Irã.

Somos todos amantes da paz, assim como o Irã, os muçulmanos em todo o mundo, cristãos e patriotas em geral.

No entanto, presenciamos todos os dias uma escalada de violência e provocação perpetrada pelo decadente imperialismo estadunidense que ameaça a paz e a segurança mundial.

Esse mesmo imperialismo vem presenciando sua hegemonia sendo contestado dia após dia, assim como o comércio internacional busca alternativas ao dólar.

Defendemos a soberania nacional e a autodeterminação dos povos. Defendemos o amplo direito do Irã ter acesso à energia nuclear para fins pacíficos, medicinais e energéticos.

Defendemos o direito do povo palestino a ter o seu estado nacional, com Jerusalém como sua capital.

Damos enfrentamento e combate não só ao imperialismo estadunidense, mas ao sionismo internacional, um dos grandes males que assolam hoje a humanidade.

O mundo que defendemos é multipolar. Por isso nos colocamos contra a unipolaridade hoje existente sob a hegemonia dos Estados Unidos.

O imperialismo estadunidense não tolera a paz. Vive da guerra e das agressões que realiza contra povos e países que lutam pelos seus direitos inalienáveis.

É esse mesmo imperialismo que apoia e financia, através de seus países vassalos do Golfo Pérsico, o terrorismo internacional, como o que presenciamos contra o povo sírio desde 2011.

Neste momento, de eleições na sede do Império, elevam-se as tensões em todo o mundo. Seja contra o eixo da Resistência no Oriente Médio, encabeçado pelo Irã e integrado pelo Iraque, Síria e Líbano e apoiado pelo Hezbolláh.

Presenciamos fortes tensões particularmente no Mar do Sul da China e na fronteira com a Rússia, com as constantes ameaças, invasões de espaço aéreo e territorial de aviões da OTAN.

Apoiamos firmemente as ações que a China tem feito nos acordos comerciais que vem estabelecendo com povos e países, nos moldes que fez recentemente com o Ira para os próximos 25 anos envolvendo meio trilhão de dólares.

Da mesma forma apoiamos a união e a irmandade estabelecida pela República Islâmica do Irã com a República Bolivariana da Venezuela, dois países que vivem sob sanções do imperialismo.

Não temos dúvidas que a luta pela paz neste momento no mundo tem um nítido e claro caráter anti-imperialista.

Temos a convicção de que mais dia menos dia a luta dos povos e países verdadeiramente amantes da paz sairá vitoriosa e derrotaremos esse império decadente com sua agressão e sua arrogância e pregação de uma falsa moral.

Viva a união dos povos e países na luta anti-imperialista!

Deixo a todos vocês meu forte e fraternal abraço.

Prof. Lejeune Mirhan

Vídeo em Destaque